• Contrariado com situação, Felipão quer testar Diego Costa em novembro

  • Em tratamento de lesão, R10 abre a casa e mostra o galo de 'estimação'

  • Campeão olímpico e mundial, Zanetti assegura: 'Agora não tem mais dúvida'

  • Ginastas de Guarulhos participam de mais um Torneio GR Brasil 2013 em Mauá

  • Diego Costa é confirmado na convocação da Espanha para amistosos

Esportes

Esportes (20)

A partir desta terça-feira (12), atletas amadores e profissionais já podem garantir presença na maior prova de rua da cidade, a Corrida Internacional Cidade de Guarulhos, que acontece no dia 8 de dezembro. Para atender à procura, que em 2012 superou as 2 mil vagas ofertadas, a 5ª edição da prova oferece 2,5 mil vagas, com premiação total de R$34 mil. A inscrição custa R$35 e deve ser feita pelos sites www.minhasinscricoes.com.br e www.runnerbrasil.com.br.

Segundo a coordenação da corrida, os percursos de 5 km e 10 km permanecem os mesmos dos anos anteriores, com ponto de largada e chegada na avenida Paulo Faccini, altura da entrada do Bosque Maia. Neste ano, a prova deverá contar novamente com participação de atletas profissionais brasileiros e também de outros países.

E quem pensa em correr para conquistar a premiação em dinheiro, que chega a R$ 4,5 mil para os vencedores da categoria Elite, deve se preparar para enfrentar forte concorrência. Os atletas africanos, que devem marcar presença também nesta edição da corrida, venceram todas as provas dos 10 km feminino e duas vezes os 10 km masculino. Em 2011 e 2012, os brasileiros Giovani dos Santos e Francisco Barbosa dos Santos deixaram os favoritos para trás e sagraram-se campeões da Elite masculina.

Mais informações podem ser obtidas pelos números 2087-6869, 2087-5850 ou pessoalmente de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Secretaria de Esporte Lazer e Recreação que fica na rua Abílio Ramos, 122 - Anexo 2 – 1º. Andar, Macedo.

O treinador da seleção espanhola, Vicente Del Bosque, convocou pela primeira vez o atacante sergipano Diego Costa, do Atlético de Madri, nesta quinta-feira.
Artilheiro do Campeonato Espanhol, ele havia renunciado à seleção brasileira para poder jogar pela atual campeã do mundo. Tal decisão irritou o técnico do Brasil, Luiz Felipe Scolari.
"Está jogando muito bem e num espetacular momento. É mais uma opção", afirmou Del Bosque. "Diego Costa não diminui, e sim acrescenta. É evidente que nos movemos para que ele venha. Cumpria todos os requisitos, pessoalmente nos causou uma magnífica impressão e o incorporamos. O crédito [para continuar na seleção] não é ilimitado para ninguém, mas daqui até março temos tempo para ir vendo, [ele] está nas mesmas condições que o resto".
"Alguém com a qualidade de Diego, não entendo por que vai ser negativo para nós. Dará muitas opções no ataque", disse o técnico.
Diego Costa tem cidadania espanhola porque já reside na Espanha por pelo menos cinco anos contínuos.
O goleador e mais 22 jogadores foram chamados para os amistosos contra Guiné Equatorial, dia 16, e África do Sul, 19, ambos no continente africano.
Machucados, ficaram fora os atacantes Fernando Torres e Michu, o meia David Silva e o lateral esquerdo Jordi Alba. O volante Xavi e o zagueiro Piqué serão poupados.
Voltaram a ser convocados David Villa, Xabi Alonso e Javi Martínez.

Confira a lista de 23 convocados da Espanha:

Goleiros: Casillas (Real Madrid), Valdés (Barcelona) e Reina (Napoli)
Defensores: Arbeloa (Real Madrid), Juanfran (Atlético de Madri), Sergio Ramos (Real Madrid), Albiol (Napoli), Íñigo Martínez (Real Sociedad), Monreal (Arsenal) e Alberto Moreno (Sevilla)
Meio-campistas: Javi Martínez (Bayern de Munique), Busquets (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid), Koke (Atlético de Madri), Iniesta (Barcelona), Cazorla (Arsenal), Cesc Fábregas (Barcelona), Navas (Manchester City) e Mata (Chelsea)
Atacantes: Diego Costa (Atlético de Madri), Negredo (Manchester City), David Villa (Atlético de Madri) e Pedro (Barcelona)

Organizado pela Cia. GR Brasil Eventos Esportivos, o 2º Torneio GRBrasil 2013 (Ginástica Rítmica) em parceria com as prefeituras dos municípios participantes aconteceu neste sábado (28 de setembro) em Mauá e contou com atletas de várias cidades, dentre elas, Guarulhos. Em 25 de maio deste ano também aconteceu o primeiro torneio de 2013 em que as ginastas de Guarulhos representaram muito bem a cidade. 

 

Já neste 2º torneio, a competição foi em conjunto, diferente do 1º que tinha sido individual 

 

A delegação de Guarulhos mais uma vez brilhou na ginástica rítmica. Com nervosismo, mas muita graça e beleza, as ginastas de Guarulhos fizeram bonito seu papel, dançando com leveza, rítmo e muita energia, sem contar que algumas se destacaram sorrindo o tempo todo. O conjunto de Guarulhos além de medalhas, ganhou o troféu destaque pela brilhante apresentação. Meninas ainda muito novas de 10, 7 anos ou menos até podem ser as próximas atletas a representarem o Brasil nas olimpíadas futuras;

 

Ginastas brasileiras de Guarulhos, continuamos  torcendo por vocês!!!

 
alt 
 
Apresentação das delegações. Foto: R. Benite/Guarulhos News
 
 
 
 
 
alt 
 
Conjunto de ginastas de Guarulhos com o troféu Destaque.
Foto: R. Benite/ Guarulhos News
 
 
 
 
 
alt
 
 
Ginasta Guarulhense com o troféu Destaque. Foto: R. Benite/ Guarulhos News

Contestado por técnico chinês após ouro em Londres, brasileiro se credencia como o 'Rei das Argolas' após título mundial, deixando Yang Liu fora do pódio

Arthur Zanetti precisou mais do que da força de seus braços para conquistar o título mundial na manhã de sábado. O fato de ser o atual campeão olímpico das argolas rendeu o posto de homem a ser batido, além da pressão de se manter no topo. A força psicológica, então, fez a diferença. Por mais que esteja quase sempre com um semblante tranquilo, o ginasta de São Caetano confessa que, na Antuérpia, o peso foi maior. E isso tornou a conquista saborosa - diante do rival chinês Yang Liu, que acabou fora do pódio. Ainda mais depois do episódio polêmico na conquista do ouro inédito nos Jogos de Londres, no ano passado, quando Zanetti teve sua apresentação contestada pelo técnico chinês.

- Foi especial porque entrei muito focado no que tinha que fazer. Tinha um peso a mais em cima de mim. Mas faço um trabalho psicológico junto com a parte técnica e segurei bem. Fiz minha parte. Nos treinamentos não estava sentindo tanto isso, mas aqui foi diferente. Senti que estão todos me olhando e isso pesa muito. Venho trabalhando minha concentração há muito tempo para isso - disse o atleta.

Entre os olhares atentos que acompanharam Arthur Zanetti, estavam os dos chineses. Quando o brasileiro levou o ouro em Londres, foi contestado pelo chinês Yibing Chen. Por mais que soubesse de seu merecimento, usou o Mundial da Bélgica para encerrar qualquer tipo de dúvida. E viu outro chinês, dessa vez Yang Liu, ficar fora do pódio.

- Com certeza, agora não tem mais dúvida. Se analisarmos os meus resultados no fim do ano passado, tirei notas acima de 15,800. Assim como aqui no Mundial. Não tem mais o que ser falado - disse o atleta brasileiro.

Na fase classificatória do Mundial, o chinês Yang Liu havia conseguido a nota mais alta. Sua apresentação, inclusive, impressionou Arthur Zanetti e seu treinador Marcos Gotto, que o consideram mais consistente do que seu antecessor, Yibing Chen. Para Zanetti, a falha do chinês na saída das argolas e sua ausência no pódio mostram que a ginástica, de fato, não pode ser previsível.

- Não sei o que aconteceu com ele. Não dá para entender. A ginástica é complicada de entender até para nós mesmos. Achei que o chinês foi bem, mas ele acabou ficando em quarto. Quem eu nem esperava no pódio ficou em segundo - analisou.

Mais uma vez, Arthur Zanetti aproveitou o momento de glória para pedir avanços na ginástica brasileira. Neste ano, ele deu declarações fortes sobre a estrutura de treinamento no país. Na ocasião, ele chegou a cogitar treinar fora do Brasil

- Espero que tenham um olhar mais voltado para a ginástica. Ainda não tem nenhum centro de treinamento no Brasil. Precisamos disso. Rio 2016 está aí. Além de ajudar São Caetano, onde treino. Não só a gente, mas todos os clubes do Brasil.

O Brasil tem mais dois representantes em finais no Mundial da Bélgica. Neste domingo, Diego Hypolito, quinto colocado no solo neste sábado, e Sergio Sasaki voltam a disputar medalhas na Antuérpia. Os dois estão na final do salto, com transmissão do SporTV e acompanhamento em Tempo Real do SporTV.COM, a partir das 9h.

 

Fonte: sportv.globo.com

Na luta para disputar o Mundial de Clubes, craque do Atlético-MG diz que ainda sonha com a Copa

Uma ruptura no músculo adutor da coxa esquerda pode deixar Ronaldinho Gaúcho fora da disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Marrocos. O camisa 10 do Atlético-MG, no entanto, mostra-se confiante, acredita que vai se recuperar a tempo de ajudar o clube mineiro na luta pela inédita conquista. Neste domingo, no "Esporte Espetacular", você vai saber como anda a rotina do craque depois da lesão, a sua rotina de tratamento, e conhecer o galo que ele cria no quintal da sua casa em Belo Horizonte.

– Identifiquei-me muito com o clube, mas o galo eu já tinha aqui na casa quando cheguei – conta Ronaldinho, sem esconder o riso fácil. – Mas isso faz com que me sinta mais atleticano, mais "Galo" ainda.

– Sem dúvida todo jogador sonha participar de uma Copa do Mundo, ainda mais sendo no Brasil. Estou sempre buscando o melhor, e o melhor para um jogador é estar na Seleção.

O repórter Régis Rosing e o produtor Fábio Jupa acompanharam a sessão de acupuntura de Ronaldinho com o Dr. Fumio Takahashi, o tratamento na piscina no Atlético-MG com o Dr. Rodrigo Lasmar, depois a aplicação de gelo num aparelho especializado. O passo a passo do tratamento de R10 você confere na reportagem deste domingo no "Esporte Espetacular", que começa às 9h.

 

Preocupado com ataque da Seleção, técnico planejava dar nova chance ao atleta nos amistosos do próximo mês. Mas jogador pode optar por Espanha

A situação de Diego Costa deixou o técnico Luiz Felipe Scolari surpreso. Mesmo sem ter chamado o atacante do Atlético de Madri para pegar Coreia do Sul e Zâmbia, o treinador planejava convocar o atleta para os dois amistosos de novembro e confidenciou a amigos que ficou contrariado ao saber da possibilidade de o jogador defender a Espanha.

Titular e destaque do Atlético de Madri na temporada, Diego Costa tem dupla nacionalidade e já defendeu o Brasil em duas partidas sob o comando de Felipão: empates de 2 a 2 com a Itália, em dia 21 de março deste ano, e 1 a 1 com a Rússia, quatro dias depois. A federação espanhola consultou a situação do atacante com a Fifa, alegando que o atleta nunca disputou jogos oficiais pela Seleção (apenas amistosos). Como o impasse ainda não foi resolvido, Diego ficou fora da relação do técnico Vicente del Bosque nesta sexta para enfrentar Belarus e Geórgia, pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

Felipão não convocou mais o atacante após os jogos com Itália e Rússia. Porém, durante o período de concentração, o treinador conversou com Diego e disse que tinha intenção em testá-lo mais vezes. Na cabeça do técnico, a oportunidade seria dada em novembro, quando a Seleção terá mais dois amistosos (com rivais ainda indefinidos), entre os dias 16 e 20 (datas das rodadas finais das eliminatórias).

O fato de Diego Costa não ter rechaçado a possibilidade de defender a Fúria deixou Felipão contrariado. O ataque é um dos setores que mais preocupam o pentacampeão para a Copa de 2014: o titular Fred tem sofrido com lesões, Alexandre Pato até hoje não se firmou na Seleção e Lucas decepcionou nas últimas oportunidades. Em novembro, o treinador poderia ver o atleta do Atlético de Madri de perto novamente e ter mais uma opção para o Mundial em casa.

A Seleção se apresenta na próxima segunda em Seul para o amistoso com a Coreia do Sul, que será realizado no dia 12 (sábado). Antes de chegar à Ásia, Felipão fez uma escala na Espanha, onde deverá ver alguma partida neste fim de semana. Porém, uma conversa com Diego Costa não está programada. Após anunciar os convocados para os jogos com Coreia e Zâmbia (dia 15, na China), Felipão comentou a situação:

- Eu acho um pouco estranho, porque daqui um ano, dois ou cinco, um país vai contratar 20 jogadores e fazer uma seleção. Aí o cara pode jogar um ou cem amistosos e o critério é de competição oficial. Para mim é um pouco diferente do que imaginava, mas se a Fifa acha isso não sou eu que vou bater de frente. Todos os jogadores brasileiros convocados anteriormente, ou não, fazem parte dos planos. Quem nós vamos escolher, não sei ainda. Tenho uma base e todo e qualquer jogador brasileiro no mundo tem chance.

Na última quinta, a federação espanhola divulgou uma nota oficial afirmando que Diego Costa manifestou ao técnico Del Bosque o desejo de jogar por La Roja. Nesta sexta, ao convocar para as eliminatórias, o treinador comemorou a decisão:

- Ele tem boas intenções e bom sentimento com um país que o acolheu. Ele quer jogar conosco. Ninguém pode escolher onde nasce. As obrigações para jogar na seleção, ele cumpre. Espero que possa estar conosco.

 

Pagina 2 de 2