Celebridades

Celebridades (7)

Atores eram casados desde 1996 e têm uma filha de 17 anos. Separação é 'amistosa'

 

Do G1 (da EFE)

 

O ator espanhol Antonio Banderas e a atriz americana Melanie Griffith decidiram pôr fim ao casamento de 18 anos, confirmou nesta sexta-feira (6) à Agência Efe a relações públicas da atriz, Robin Baum, da agência SlatePR.

Em comunicado, o casal informou que a relação termina "de forma consensual e após uma atenta reflexão" de ambos, que optaram por se separar com "carinho e amistosamente, se respeitando mutuamente" assim como à sua família e amigos, e honrando o tempo que passaram juntos.

A notícia do divórcio tinha sido adiantada pelo site TMZ, que logo depois publicou o documento de separação apresentado pela advogada Laura Wasser em nome de Griffith na Corte Superior do condado de Los Angeles.

O casal argumentou "diferenças irreconciliáveis" no pedido de divórcio, que corre "de forma amistosa".

Wasser é uma advogada especializada em divórcio, que atuou nas separações de Angelina Jolie e Britney Spears.

Griffith teria pedido à Banderas, de 53, pensão pelo divórcio e outra para o cuidado da filha que têm em comum, Estela del Carmen, da qual teriam custódia legal compartilhada, mas que moraria com a atriz, apesar de a jovem completar 18 anos no próximo dia 24 de setembro

Este será o quarto divórcio de Griffith, que se casou duas vezes com Don Johnson e uma com Steve Bauer; e o segundo para Banderas, que entre 1987 e 1995 foi casado com a atriz espanhola Ana Leza.

Banderas e Griffith se casaram em Londres, em 14 de maio de 1996, após um romance que começou nas filmagens de "Quero dizer que te amo" (1995).

Fonte: Do G1, Pop e Arte (da EFE). Link: http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2014/06/antonio-banderas-e-melanie-griffith-estao-se-divorciando-diz-site.html

Segundo o jornal The Boston Globe, a top foi escolhida pela FIFA pra entregar o troféu

Da Revista Glamour

 

Depois de muita dúvida e especulação, a resposta. Gisele Bündchen vai mesmo entregar a taça ao campeão da Copa do Mundo. Quem confirma a notícia é o jornal The Boston Globe, que ainda explica que a top aceitou o pedido e estará no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 13 de julho. Tom Brady, marido de Gisele e que vai acompanhar a top no Brasil, é de Boston e por conta disso o jornal conseguiu informações mais rápidas, mas agora a notícia já está sendo divulgada em toda a imprensa internacional. 
 

A über estava em dúvida quando recebeu o convite, pois não queria associar sua imagem ao momento em que o País vive. O jornal ainda explica que Gisele foi convidada a entregar a taça por conta da baixa popularidade da presidente Dilma Roussef - que foi vaiada na abertura da Copa.

Na foto abaixo, o troféu que será entregue ao campeão com o estojo luxuoso e personalizado pela Louis Vuitton. Moda e futebol andando lado a lado!

 

Fonte: Revista Glamour. Link: http://revistaglamour.globo.com/Celebridades/Hot-news/noticia/2014/06/gisele-bundchen-vai-entregar-taca-ao-campeao-da-copa-do-mundo.html?folder_id=631
 

 

LV_Copa (Foto: Divulgação)
Segunda, 03 Fevereiro 2014 13:09

Philip Seymour Hoffman, ator de Capote, é encontrado morto

Escrito por

Da Revista Veja

 

Hoffman tinha 46 anos e foi encontrado morto, por um amigo, em seu apartamento em Greenwich Village, Nova York. A causa não foi divulgada, mas, suspeita-se, que tenha sido uma overdose. Uma seringa em seu braço foi encontrada pela polícia.

Assim com a morte de Heath Ledger, a precoce partida de Hoffman é dolorida, sobretudo pelo grande ator que ele era. Hoffman ganhou o Oscar, em 2006, porCapote. Foi mais três vezes indicado ao de ator coadjuvante, por Jogos do Poder(2007), Dúvida (2008) e O Mestre (2012). Alternava papéis em pequenas e grandes produções.

Assim como esteve (muito bem, por sinal) em Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto, participou do blockbuster Jogos Vorazes – ele filmava A Esperança – Parte 2. O Homem Mais Procurado é o próximo filme que Hoffman tem para estrear, provavelmente em junho, no Brasil.

 

Fonte: da Revista Veja, SP por Miguel Barbieri Jr. Link: http://vejasp.abril.com.br/blogs/miguel-barbieri/2014/02/02/philip-seymour-hoffman-morto-morreu-overdose-capote-ator/

 

O ator na pele de Truman Capote: Oscar

O ator na pele de Truman Capote: Oscar

Ator interpreta uma versão desagradável de si mesmo

 

Do Estadão

 

Depois de conquistar o público e se tornar um nome familiar, como um dos seis principais personagens da série Friends, da NBC, o ator Matt LeBlanc encontrou um modo não convencional de abrir um novo capítulo em sua carreira, interpretando uma versão desagradável de si mesmo.

LeBlanc, 46 anos, dos quais dez interpretando o estúpido, mas amável Joey Tribbiani em Friends, ganhou um novo sopro de vida na TV como o rude e irresponsável personagem Matt LeBlanc no seriado Episodes, do Showtime, um papel que já lhe valeu um Globo de Ouro.

Episodes, agora em sua terceira temporada, tem nova première no domingo, e terá mais uma vez seus principais personagens enfrentando as personalidades disfuncionais que administram os complexos e confusos bastidores da indústria televisiva em Hollywood, tentando produzir um programa de sucesso.

Um jovial LeBlanc falou com a Reuters no escritório de seu assessor de imprensa, em Beverly Hills, sobre a vida depois de Friends e as linhas turvas entre realidade e ficção emEpisodes.

Do que você mais gosta ao interpretar uma versão de si mesmo em Episodes?

É realmente bastante engraçado interpretar basicamente a percepção do público sobre a celebridade. Então, não se trata precisamente de mim, de modo algum. Algumas vezes está certo na questão do dinheiro, e algumas vezes seu jeito fora da realidade. Eu de fato me mantenho firme para que não diferenciem quem é quem, porque um monte de gente me pergunta o quanto eu sou parecido com Matt LeBlanc no programa, e eu acho que, para mim, isso é importante. Meu trabalho é fazer vocês, o público, acreditarem que eu sou Joey Tribbiani ou eu sou Matt LeBlanc, essa é a tarefa do ator, ter uma interpretação de um personagem que não permita ver essa passagem.

Existe alguma linha vermelha da sua vida, onde você não queria entrar?

Sim. No que se refere à minha família, sou divorciado e tenho uma filha e dois enteados. No programa, sou divorciado e tenho dois filhos. E isso foi suficiente para não ter minha vida espelhada demais nesse campo. Afora isso, o que está definido para todos nós, sempre, é que eu não me importo de ser motivo de piada, se for uma grande piada. Se valer a pena, estou dentro. Se for apenas uma coisa banal, então, não.

Você buscou inspiração em alguma celebridade real em Hollywood para o personagem Matt LeBlanc em Episodes?

Sim, há provavelmente ali uma pitada de Charlie Sheen, se você estiver pensando em alguns dos mais bizarros comportamentos de que ouviu falar. O que fizemos com Matt foi ir um pouco além. Eu me lembro de ter visto na primeira página da seção de Calendário do Los Angeles Times dominical, na época de Friends, o meu salário divulgado, e o quanto nós estávamos ganhando. E minha reação foi algo como "Uau, que embaraçoso, vejam esse número". Há uma gama de emoções. As pessoas sabem o quanto você ganha, é estranho, certas coisas não são da conta de ninguém. Então, quando estávamos definindo as linhas gerais de quem seria esse cara Matt para Episodes eu disse: "Que tal se todo mundo dar como certo que eu sou rico? Vamos me colocar no programa de um jeito mais rico do que eu sou, e eu acho que será divertido ter esse cara numa situação em que o dinheiro não está em questão". Ele pode ser tão generoso quanto quiser ou tão frívolo quanto quiser, apenas ficar maluco com esse aspecto porque é isso o que as pessoas pensam quando elas pensam nos seis de nós de Friends, por causa do dinheiro que era noticiado. E, a propósito, o valor noticiado era baixo (risos). É um pouquinho mais. Na verdade, bem mais.

Nós ainda vemos muita camaradagem entre o elenco de Friends. Você vai se unir a algum deles no futuro de Episodes?

Não sei. Seria sempre ótimo trabalhar com eles. Para eles, seria como um tipo diferente de convidado especial porque eles teriam de interpretar a si mesmos, uma versão de si mesmos com a qual se sentissem confortáveis. 

 

Fonte: Do jornal O Estado de S.Paulo, da Reuters. Link: http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,matt-leblanc-fala-sobre-episodes-e-a-vida-depois-de-friends,1116553,0.htm

Do G1

 

A revista "Time" divulgou os 10 finalistas para o prêmio "Personalidade do Ano" de 2013. Entre eles estão o Papa Francisco, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a atriz e cantora Miley Cyrus.

O resultado será divulgado na quarta-feira (11).

Obama foi escolhido a Personalidade do Ano de 2012 pela "Time". Já Miley Cyrus, que foi eleita a artista do ano pela MTV e que estreiou "Hannah Montana" na TV, despontou na votação pela internet.

Há outros estranhos entre os finalistas, como o senador Ted Cruz, que integra o Partido Republicado e foi contrário à reforma da saúde proposta pelo presidente Obama, liderando o movimento no Capitólio contra o governo.

Integram a lista ainda os presidente da Síria, Bashar Assad, que, segundo os EUA, está por trás de determinar um ataque com armas químicas contra seu próprio povo, e do Irã, Hassan Rouhani, que recentemente concordou com negociações para o monitoramento de seu programa nuclear.

Edward Snowden, ex-integrante da National Security Agency  (NSA) que divulgou detalhes de programas de espionagem dos Estados Unidos à imprensa internacional, também está entre os 10 finalistas.

Os 10 finalistas da "Time" como "Personalidade do Ano" 2013:
• Bashar Assad, presidente da Síria
• Jeff Bezos, fundador da Amazon
• Ted Cruz, senador pelo Texas
• Miley Cyrus, cantora
• Papa Francisco, líder da Igreja Católica
• Barack Obama, presidente dos EUA
• Hassan Rouhani, presidente do Irã
• Kathleen Sebelius, Secretária de Saúde e Serviços Humanos dos EUA
• Edward Snowden, ex-integrante da NSA
• Edith Windsor, ativista pelos direitos homossexuais

Fonte: do G1, SP  - http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/12/papa-e-miley-cyrus-entre-finalistas-da-personalidade-do-ano-da-time.html

Veículo pegou fogo após bater em poste e árvore em cidade da Califórnia. Roger Rodas, amigo de Walker que dirigia o Porsche, também morreu.

 

Do G1

 

O ator Paul Walker, de 40 anos, estrela da franquia de filmes "Velozes e furiosos", morreu na tarde deste sábado (30) em um acidente de carro em Santa Clarita, no sul da Califórnia, Estados Unidos. Ele ocupava o banco do carona em um Porsche guiado pelo amigo Roger Rodas, de 38 anos, que também morreu.

"Lamentamos confirmar que Paul morreu em um trágico acidente de carro durante um evento beneficente para sua organização Reach Out Worldwide. Era o passageiro no carro de um amigo, no qual ambos perderam a vida", informou a equipe de relações públicas do ator no Facebook. Walker deixa uma filha, Meadow, de 15 anos.

Segundo informaçõe preliminares, o carro pegou fogo após bater em um poste de luz e em uma árvore, por volta de 15h30 no horário local (21h30 em Brasília). "A velocidade foi um fator no acidente", informou o gabinete do xerife de Los Angeles à CNN.

Um comunicado das autoridades diz que o resgate chegou quando o veículo ainda estava pegando fogo. Após apagarem as chamas, os bombeiros encontraram os corpos dos dois ocupantes, que foram declarados mortos no local.

A autópsia do corpo de Paul Walker foi adiada para o fim desta semana, afirmou no domingo (1º) o site TMZ. De acordo com a publicação, o legista vai precisar dos registros da arcada dentária de Walker e de Roger Rodas para fazer a identificação, visto que os corpos foram completamente carbonizados.

Fontes próximas à loja onde o carro era guardado e passava por manutenção, ouvidas pelo TMZ, disseram que o porsche teria falha mecânica – possivelmente um vazamento no fluido de direção.

Evento beneficente
O site da Reach Out Worldwide afirma que o evento do qual paul Walker participava no sábado era destinado a beneficiar as vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas. O ator criou a entidade em 2010 para ajudar pessoas afetadas por catástrofes naturais. O acidente ocorreu a poucos metros do local do evento.

"Ele estava muito feliz. Estava sorrindo para todo mundo, agradando todas essas pessoas que vieram a esse evento de caridade. Estava fazendo o que amava, rodeado por amigos e cercado por carros", declarou Bill Townsend, amigo do ator, à AP.

Fãs fizeram homenagens a Paul Walker,colocando flores e velas no local do acidente fatal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bombeiros trabalham ao lado do carro destruído (Foto: AP Photo/The Santa Clarita Valley Signal, Dan Watson)

 

Repercussão
Dezenas de amigos de Paul Walker lamentaram a morte do ator, entre eles Vin Diesel, que foi colega de trabalho na franquia "Velozes e furiosos". "Irmão, eu vou sentir muito a sua falta. Estou absolutamente sem palavras. O céu ganhou um novo anjo. Descanse em paz", disse Diesel no Instagram.

A brasileira Gisele Bündchen, no Twitter, disse que Walker era uma "pessoa doce e simples", enquanto que a cantora Rihanna lamentou a notícia triste "Estou tão inconsolável com isso!", escreveu também no Twitter.

Trajetória
Paul Walker iniciou a carreira de ator quando ainda era criança, primeiro com um comercial para uma marca de fraldas, aos 2 anos, e depois com participações em programas como "Highway to heaven" ("O homem que veio do céu", no Brasil) e "Touched by an angel" ("Toque de um anjo").

Seus primeiros papéis no cinema foram com personagens coadjuvantes em filmes para adolescentes, mais notavelmente em "Marcação cerrada", de 1999. O ator ganhou fama no papel de Brian O'Conner, um ex-policial envolvido em corridas clandestinas de carros, na série de filmes "Velozes e furiosos".

Walker filmava atualmente a sétima parte de "Velozes e furiosos". A saga automobilística já arrecadou quase US$ 2,4 bilhões nas bilheterias de todo o mundo.

Paul também atuou no filme "Hours", uma produção independente prevista para ser lançada em 13 de dezembro, nos Estados Unidos. O filme conta a história de um pai que luta para manter o filho recém-nascido vivo, no rescaldo do furacão Katrina, em Nova Orleans.

Fonte: do G1 - http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2013/12/paul-walker-de-velozes-e-furiosos-morre-em-acidente-de-carro-diz-site.html

Segunda, 25 Novembro 2013 11:14

Aos 70 anos, Mick Jagger será bisavô

Escrito por

Assisi Jackson, neta do cantor, diz que ele está muito feliz com a notícia.
Ela é filha de Jade Jagger, fruto da relação de Mick com a ativista Bianca.

 

Do G1

 

O septuagenário líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, será bisavô e está muito feliz com a notícia, segundo sua neta, Assisi Jackson, que dará à luz seu primeiro filho em abril.

Em declarações publicadas nesta segunda-feira (25) pela revista "Hello", Assisi, de 21 anos, disse que seu avô ficou muito contente quando soube de sua gravidez. A filha do roqueiro, no entanto, admitiu que Jagger não parece gostar da ideia de envelhecer nem de ser chamado de bisavô.

Assisi é filha de Jade Jagger, fruto da relação entre Mick Jagger e a ativista nicaraguense Bianca Jagger. Segundo a neta do músico, ter filhos muito jovem é normal na família, pois sua mãe ficou grávida quando tinha 20 anos.

"As mulheres em nossa família costumam ter filhos jovens, está nos genes", afirmou Assisi, que contou não levar uma vida desregrada como de seus amigos, que saem muito, bebem e fumam.

Mick Jagger, que em julho completou 70 anos e é pai de sete filhos, fez várias apresentações neste ano com os Rolling Stones, entre elas o histórico show no Hyde Park, em Londres.

Fonte: do portal G1, da EFE - http://g1.globo.com/musica/noticia/2013/11/aos-70-anos-mick-jagger-sera-bisavo.html